Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
2/05/20 às 0h43 - Atualizado em 2/05/20 às 18h18

19/03

COMPARTILHAR

Agência Brasília – Parceria reforça fiscalização contra excessos em tempos de coronavírus

As secretarias de Justiça e Cidadania e de Economia firmaram parceria para ampliar as ações de fiscalização, em farmácias e estabelecimentos comerciais, a fim de evitar preços abusivos e falta de produtos.

 

Correio Braziliense – Em 15 dias, Procon notificou 355 farmácias do DF por preços abusivos

Órgão fiscaliza estabelecimentos para verificar práticas irregulares na comercialização de itens como álcool em gel, máscaras e luvas.

 

Rádio Corredor – Mudança despercebida na Secretaria de Justiça

O advogado Gustavo Rocha deixou a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus). No lugar dele, assume sua mulher, a advogada e arquiteta de interiores Marcela Passamani.

 

Jornal de Brasília – Coronavírus: suspensas visitas nas Unidades de Internação Socioeducativas

Nos próximos cinco dias, cerca de 800 adolescentes infratores não poderão receber visitas nos próximos cinco dias nas sete unidades de internação socioeducativas do GDF.

 

Agência Brasília – Visitas suspensas nas Unidades de Internação Socioeducativas

Cerca de 800 adolescentes infratores não poderão receber visitas nos próximos cinco dias nas sete unidades de internação socioeducativas do Governo do Distrito Federal. 

 

Correio Braziliense – Ibaneis nomeia Marcela Passamani, mulher de Gustavo Rocha, como secretária de Justiça

O advogado Gustavo Rocha deixou a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) e, no lugar dele, assumiu sua mulher, a advogada e arquiteta de interiores Marcela Passamani.

 

Correio Braziliense – Professor do DF é indicado para o ‘Nobel da Educação’

Com o projeto Rap (Ressocialização, Autonomia e Protagonismo), o professor de história Francisco Celso é finalista do prêmio Global Teacher Prize.

 

Metrópoles – Coronavírus: TJDFT suspende benefícios de adolescentes infratores
A determinação da Vara de Execução de Medidas Socioeducativas do Distrito Federal (Vemse) vale por 15 dias e vem para frear o risco de contágio do novo coronavírus.