Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
13/02/20 às 16h27 - Atualizado em 13/02/20 às 16h42

Acordo entre Sejus, Setrab e Sebrae visa estimular empreendedorismo de pessoas em situação de vulnerabilidade

COMPARTILHAR

 

Com o objetivo de permitir o desenvolvimento econômico de pessoas inseridas em contexto de violência e situação de vulnerabilidade, a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus-DF) assinou nesta quinta-feira (13) um Acordo de Cooperação Técnica com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Distrito Federal (Sebrae/DF) e uma portaria com a Secretaria de Estado de Trabalho (Setrab). A cerimônia ocorreu no Salão Nobre do Palácio do Buriti. A parceria visa garantir igualdade de oportunidades e condições de acesso, remuneração e permanência no mundo do trabalho dessas pessoas.

 

Na solenidade, o secretário da Sejus, Gustavo Rocha, citou sua experiência à frente do Ministério de Direitos Humanos e afirmou que a ausência de independência financeira contribui para que pessoas em situação de vulnerabilidade permaneçam no contexto de violência. “Pessoas em situação de violência, principalmente as mulheres, quando não têm condições de sobrevivência, de sustentar as necessidades básicas da sua família, acabam se submetendo e permanecendo nesta situação por falta de perspectiva. Nosso objetivo é mudar esse cenário”, explicou.

 

Durante a solenidade, uma das mulheres vítimas de violência, Sônia dos Santos, 53 anos, atendida pelo Programa Pró-Vítima e participante do Projeto Banco de Talentos, da Sejus, falou da importância das parcerias para o fortalecimento do empreendedorismo feminino e para o resgate de vidas. “Fui casada 32 anos e vivi uma vida de violência. Um dia decidi mudar minha vida, denunciei e hoje eu sei que violência não é só física. Conheci o Pró-Vítima e aprendi a acreditar em mim e buscar coisas que deixei para trás. Comecei a fazer bolos, ter minha renda e ser independente financeiramente. Graças ao apoio que recebi meu projeto cresceu”, ressaltou.

 

Acordo – O acordo visa a potencialização dos projetos de Empreendedorismo Feminino – Piloto DF e Cidade Empreendedora, de responsabilidade do SEBRAE/DF. E, ainda, incrementar os projetos da Sejus executados pela Subsecretaria de Apoio a Vítimas de Violência: Banco de Talentos; Programa Pró-Vítima; Feira do Empreendedorismo Étnico Racial e Mulheres Empreendedoras, Incubadoras e Aceleradoras Étnicos Raciais.

 

O secretário de Trabalho, Thales Ferreira e a Diretora Técnica do Sebrae, Rose Rainha, assinaram os documentos firmando as parcerias, junto com o Secretário da Sejus, Gustavo Rocha.

 

 

Confira as fotos do Flickr