Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
6/12/19 às 15h36 - Atualizado em 6/12/19 às 19h25

Convênio “Ame, mas não sofra” vai contemplar mais de mil famílias de dependentes químicos

COMPARTILHAR

 

Cerca de mil familiares de dependentes químicos do Distrito Federal serão contemplados, em diferentes contextos, por meio de orientações sobre o uso indevido de drogas, codependência, formação de multiplicadores e distribuição de cestas básicas.

 

Para viabilizar o convênio com o Ministério da Cidadania denominado “Ame, mas não sofra”, foi publicado no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) desta quinta-feira (5/12) o Edital de Chamamento Público nº1/2019 para celebração de termo de colaboração entre a Secretaria de Justiça e Cidadania do DF (Sejus) e Organizações da Sociedade Civil (OSC). A ação é coordenada pela Subsecretaria de Enfrentamento às Drogas da Sejus.

 

A fase de seleção observará as seguintes etapas: a ficha de inscrição e da proposta deverão ser enviadas para a Sejus, na Estação Rodoferroviária, ala central, térreo, a partir desta quinta-feira (5/12) até o próximo dia 5 de janeiro de 2020. A comissão de avaliação fará a análise das propostas recebidas até dez dias corridos, a contar do recebimento da documentação de habilitação e Plano de Trabalho.

 

A divulgação do resultado provisório de classificação das propostas se dará até cinco dias a contar do prazo de análise. Após essa fase poderá ser apresentado recurso até cinco dias úteis. Por último, será divulgado o julgamento dos recursos e o resultado definitivo da classificação das propostas. O valor de referência para a realização do convênio é de R$ 1.111.111,50 (um milhão, cento e onze mil, cento e onze reais e cinquenta centavos).

 

Mais informações e esclarecimentos podem ser solicitados pelo e-mail: subed@sejus.df.gov.br

 

Confira no link a íntegra do Edital.