Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/03/20 às 9h53 - Atualizado em 19/03/20 às 9h58

Coronavírus: visitas em unidades de internação do Sistema Socioeducativo do DF estão suspensas

COMPARTILHAR

Foto: Pedro Ventura/GDF

 

A Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) determinou que as visitas em todas as unidades de internação do Sistema Socioeducativo do Distrito Federal estão suspensas por um prazo de cinco dias a partir desta quinta-feira (19/03), em função da pandemia do novo coronavírus. A medida foi publicada em edição extra do Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) desta quarta-feira (18/03). O DF tem 800 adolescentes internados nas sete unidades do DF: UNIRE, UNISS, UISM, UISS, UIBRA, UIP, UIPSS.

 

A suspensão das visitas, segundo a secretária da Sejus, Marcela Passamani, visa “preservar a saúde das pessoas privadas de liberdade, dos familiares e amigos, bem como dos servidores que trabalham nos procedimentos para a realização das visitas nas Unidades de Internação e Internação Provisória”.

 

De acordo com a recomendação, deverão ser mantidas as demais rotinas que envolvem o funcionamento dessas Unidades, em conformidade com a jornada pedagógica estabelecida. Os internos poderão realizar ligações telefônicas semanalmente para ter contato com familiares e amigos.

 

Outras medidas

 

O documento determina que os diretores das unidades de internação e Internação provisória que realizem, em conjunto com os profissionais de saúde e sob a supervisão da Coordenação de Políticas e Atenção à Saúde de Jovens e Adolescentes – COORPSAU, atividades de conscientização para os servidores e para os adolescentes privados de liberdade, a fim de orientar quanto à prevenção de contaminação com o coronavírus.

 

Caso haja algum adolescente com “suspeita de contaminação com o coronavírus”, a Sejus, que é a coordenadora do Sistema Socioeducativo do DF, deverá ser comunicada imediatamente para tomar as providências necessárias.