Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/07/19 às 14h53 - Atualizado em 5/07/19 às 14h54

Dependentes químicos se formam em Escola Técnica da Ceilândia

COMPARTILHAR

 

A Secretaria de Justiça e Cidadania do Distrito Federal (Sejus), em conjunto com a Secretaria de Educação, está empenhada em promover a reinserção social dos dependentes químicos do DF. Numa das ações, a Escola Técnica de Ceilândia recebeu dependentes em recuperação, acolhidos em Comunidades Terapêuticas (CTs) mantidas pela SEJUS neste semestre.

 

Na quinta-feira, 4 de julho, cinco dependentes químicos se formaram nos cursos técnicos de administração, informática, logística, elétrica residencial e predial e recursos humanos. Participaram desta fase piloto as CTs Caverna de Adulão, de Planaltina e a Renovando a Vida, de Ceilândia.

 

A Escola Técnica da Ceilândia já disponibilizou novas vagas para adictos em recuperação que serão matriculados para os cursos já no segundo semestre deste ano. As iniciativas dão-se por meio da Subsecretaria de Enfrentamento às Drogas da Sejus e da Coordenação Regional de Ensino de Ceilândia.

 

Para o Subsecretário da Subsecretaria de Enfrentamento às Drogas da Sejus, Rodrigo Barbosa, a capacitação de dependentes químicos contribui para a recuperação e previne recaídas. “Acreditamos que este seja um grande passo para inseri-los no mercado de trabalho”, disse.

 

SUBED

 

A Subsecretaria de Enfretamento às Drogas da Secretaria de Justiça e Cidadania do Distrito Federal tem o objetivo discutir temas como uso, abuso e consumo de drogas, trabalhando para dar apoio às vítimas, em especial aos jovens usuários de drogas e seus familiares, promovendo eventos, seminários, palestras e realizando atendimento. Compete a ela desenvolver, executar, acompanhar e implementar políticas sobre drogas com ênfase nos eixos de prevenção, tratamento e reinserção social, no âmbito do DF.