Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
15/07/20 às 13h34 - Atualizado em 15/07/20 às 16h44

Dia Mundial das Habilidades dos Jovens: Voluntariado em Ação viabiliza acesso ao mercado de trabalho

COMPARTILHAR

 

 

                                                                                              Foto: Jhonatan Ribeiro (Sejus) 

 

 

 

Além de promover projetos sociais e campanhas de solidariedade, o programa Voluntariado em Ação, da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus), também estimula o desenvolvimento de habilidades profissionais dos jovens e abre portas para o mercado de trabalho no Distrito Federal. No Portal, 26.732 pessoas já se cadastraram. Destas, mais de 12 mil são voluntários entre 16 e 24 anos que buscam por experiências, horas complementares e capacitações. E, são lembradas nesta quarta-feira (15), no Dia Mundial das Habilidades dos Jovens.

 

“Sabemos das dificuldades para conseguir o primeiro emprego, então o programa Voluntariado em Ação surge como uma opção de experiência profissional. Assim, o jovem se qualifica, desenvolve novas habilidades e contribui em ações solidárias”,  ressalta a secretária Marcela Passamani.

 

Instituído em março de 2019, o Portal do Voluntariado concentra as informações sobre os projetos e campanhas vinculadas ao programa. É uma plataforma de cadastramento para novos voluntários, mas também de órgãos ou entidades interessadas em desenvolver ações de responsabilidade social. Ao todo, são mais de 133 mil oportunidades, 101 campanhas e doações e 438 projetos.

 

Segundo uma pesquisa realizada pelo National Library Of Medicine, nos Estados Unidos, o trabalho voluntário pode render bons frutos para a carreira e gerar impactos positivos na sociedade. É possível, por exemplo, adquirir experiências, senso de comprometimento, confiança, aprendizados da rotina funcional, ampliação da visão de mundo, criação da rede de contatos profissionais e entendimento sobre o propósito de vida, que no currículo se tornam um diferencial competitivo.

 

Ilídia Maria Chaves Cardoso, 27 anos, enfermeira, conta que no passado estava fora do mercado de trabalho quando se cadastrou no programa. “Sempre tive mais afinidade com a área da saúde, e o voluntariado abriu as portas desse universo para mim”, diz. “Trabalhei no Hospital Regional de Ceilândia como enfermeira e na ação Hotelaria Solidária com os idosos”, coordenado pela Sejus,  recorda. Após as duas experiências, Ilídia conquistou a sonhada vaga na área de sua formação em uma clínica particular.

 

Outra história de sucesso é a da estudante Andreza Ferreira da Silva, 20 anos, que diz ter recebido conhecimento e networking como salário. “O portal me ofertou várias possibilidades de emprego e mergulhei de cabeça nessa oportunidade”, afirma. “Escolhi a pedagogia, dei aulas de empreendedorismo e educação financeira, além de ter trabalhado na Bienal do Livro, que me capacitou para o mercado”, destaca a recém contratada de uma escola de idiomas.

 

Certificação

 

Após a realização do trabalho, o Voluntariado em Ação realiza um feedback com seus participantes para retorno sobre o atendimento prestado, além de colocar a ferramenta à disposição caso a pessoa queira realizar um outro tipo de trabalho ou participar de outra ação. O voluntário também recebe uma certificação da Sejus como uma bonificação por sua participação.

 

Saiba mais

 

Ao se cadastrar na plataforma, o voluntário informa a sua disponibilidade de trabalho, os eixos de atuação e o público de interesse das ações que gostaria de participar. Com essas informações, a Sejus traça um perfil do voluntário, cruzando as competências com as necessidades a serem atendidas por programas e campanhas do Voluntariado em Ação. Se houver compatibilidade, o voluntário recebe a oportunidade por e-mail.

Serviço

 

Para participar do Programa Voluntariado em Ação, basta acessar o Portal (http://www.portaldovoluntariado.df.gov.br/) e se cadastrar.