Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/10/19 às 16h25 - Atualizado em 16/10/19 às 9h48

Encceja é realizado com sucesso no DF para jovens do sistema socioeducativo

COMPARTILHAR

 

Mais de 500 adolescentes e jovens em cumprimento de medida socioeducativa nas unidades de internação realizaram a prova do Exame Nacional Para Certificação de Competências de Jovens e Adultos para Pessoas Privadas de Liberdade (Encceja PPL 2019). Este exame é destinado àqueles que não concluíram os estudos na idade adequada.

 

Foram dois dias intensos de prova, nos dias 8 e 9 de outubro, onde os jovens realizaram as avaliações para obtenção de certificação de ensino fundamental ou ensino médio. A participação no exame é voluntária e gratuita.

 

Neste ano, a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus), através da subsecretaria do Sistema Socioeducativo e por meio da DISSTAE, garantiu o deslocamento de 82 jovens entre as unidades de internação para a realização da prova, alcançando a meta de mais 90% deslocamentos realizados com sucesso. Uma rede de servidores e aplicadores de provas atuou no processo, garantindo sua inscrição, orientação pedagógica, alimentação e transporte. Durante as provas não houve ocorrência disciplinar ou problemas estruturais que complicassem o exame.

 

Para o subsecretário do Sistema Socioeducativo, Demontiê Alves, “este exame é mais um passo na garantia de direitos no que se refere à escolarização e, futuramente, à profissionalização do jovem que necessitar da certificação para ocupar vagas de estágio e emprego”.

 

O participante será considerado habilitado se atingir o mínimo de 100 (cem) pontos em cada uma das áreas de conhecimento do Encceja e obtiver nota igual ou superior a 5 (cinco) pontos na prova de redação. Em breve, o Inep disponibilizará os resultados individuais dos participantes.