Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
2/10/20 às 15h26 - Atualizado em 2/10/20 às 15h34

Familiares poderão retomar visitas a adolescentes do Sistema Socioeducativo

COMPARTILHAR

 

 

A entrada de visitantes será retomada de forma gradativa em todas as unidades de internação do Sistema Socioeducativo do Distrito Federal. A portaria da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) que autoriza as visitas aos adolescentes, suspensas desde março, foi publicada nesta quinta-feira (1/10) no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF). Cada unidade deverá estabelecer um cronograma de visitas de acordo com o módulo de convivência, distribuindo os visitantes em dias e horários alternados para reduzir a possibilidade de aglomeração. Os encontros vão acontecer a cada 15 dias.

 

“A retomada do contato presencial dos adolescentes com seus familiares atende a todos os protocolos estabelecidos pelas autoridades sanitárias e garante a continuidade do fortalecimento dos vínculos familiares, os quais são fundamentais no processo de ressocialização”, reforçou a secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani. Durante o período de suspenção das visitas, foi autorizada a realização de videochamadas, ligações telefônicas e a troca de vídeos e cartas.

 

Cada socioeducando poderá receber um visitante. No entanto, será permita somente a entrada de pessoas entre 18 e 60 anos que não pertençam ao grupo de risco (gestantes, doentes crônicos, imunossuprimidos, diabéticos, hipertensos, entre outros). Além disso, na entrada, o visitante preencherá um Formulário de Triagem, declarando não possuir sintomas gripais ou ter tido contato com pessoas com diagnóstico positivo para Covid-19 nos últimos sete dias. Também será realizada a aferição da temperatura corporal do visitante, que deverá usar máscara durante todo o período de visita. Não está autorizada a entrada de alimentos, mas os visitantes poderão trazer roupas, itens de higiene e outros materiais de uso pessoal para os adolescentes.

 

Orientações:

1. Cada unidade terá um cronograma de visitas
2. Encontros serão a cada 15 dias

3. Cada socioeducando poderá receber só um visitante

4. Entrada permitida apenas para pessoas acima de 18 anos e que não estejam em grupos de risco (Ex: idosos e gestantes)

5. Não está autorizada a entrada de alimentos. É permitido levar roupas, itens de higiene e outros materiais de uso pessoal para os adolescentes

6. Visitante não deve apresentar pelo menos uma das seguintes situações:
• Sintomas: febre, calafrios, dor de garganta, dor de cabeça, tosse, coriza, falta de ar, perda de olfato ou paladar, náusea, vômito e diarreia;
• Contato com alguma pessoa com Covid-19 nos últimos 7 dias anteriores a visita;
• Diagnóstico positivo para Covid-19, ainda que assintomático.