Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
26/12/17 às 17h06 - Atualizado em 27/12/17 às 8h00

Glossário

COMPARTILHAR

Formolizar – (formolização) ato ou efeito de se usar formol; técnica de conservação de cadáver através do uso do formol.

Embalsamar – Embalsamamento (ou embalsamação) é uma técnica de preservação de cadáveres para prevenir a putrefação. Introduzir em cadáver substâncias balsâmicas ou outros preparados que impedem sua decomposição; MUMIFICAR: Alguns povos antigos embalsamavam seus mortos.

Necropsia – Exame meticuloso de um cadáver com o fim de se determinar a hora e a causa da morte; autópsia. Uma necropsia, também conhecida como autopsia, é um procedimento médico que consiste em examinar um cadáver para determinar a causa e modo de morte e avaliar qualquer doença ou ferimento que possa estar presente.

Tanatopraxia – Consiste na troca de fluídos naturais por fluídos conservantes. O procedimento devolve ao corpo um aspecto mais natural, como o que se tinha em vida. A tanatopraxia proporciona às pessoas maior segurança no momento da despedida de seu ente querido. Este procedimento permite que o velório seja prolongado, de forma que familiares distantes também possam participar da celebração do funeral, assim como transladar o corpo para outro estado ou país em segurança e de acordo com as normas vigentes. O tanatopraxista é o profissional devidamente qualificado que realiza esse procedimento.

Ossuários – É um depósito onde são guardados os ossos de animais ou pessoas, numa espécie de rito funerário.

Cinzários – Pequenas urnas onde são depositadas as cinzas.

Necrópole – Palavra de origem grega que quer dizer cidade dos mortos, ou seja, cemitério. Arqueólogos e historiadores chamam o cemitério de uma cidade antiga de necrópole.

Exumação – Ação ou efeito de exumar; ato de desenterrar; para a perícia, será necessária a exumação do cadáver.

Incinerado – Reduzido a cinzas.

Cremação – Ação de queimar, de reduzir a cinzas (os mortos), incineração: a cremação dos cadáveres é comum durante as epidemias.

Inumação – Ação de sepultar um cadáver; enterramento.

Despojos – Despojos mortais, o cadáver, os restos mortais de uma pessoa.

Jazigo – Sepultura, ou lugar a ela destinado. Túmulo, monumento funerário.