Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
13/05/19 às 14h51 - Atualizado em 13/05/19 às 14h56

Jovens e servidores do sistema socioeducativo são vacinados contra gripe

COMPARTILHAR

 

Os adolescentes e jovens atendidos pela Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus/DF), por meio da Subsecretaria do Sistema Socioeducativo (Subsis), estão entre os grupos prioritários atendidos pela 21°Campanha Nacional de Vacinação contra gripe.  A meta é imunizar todos os que estão em cumprimento de medida socioeducativa de internação e semiliberdade e também aqueles que estão em internação provisória.

 

A campanha, realizada em todas as unidades de Internação e Semiliberdade, teve início no dia 22 de abril e prossegue até o dia 17 de maio. A Secretaria de Saúde do Distrito Federal, por meio da Rede de Frios, disponibilizou 3.125 doses da vacina, além de todos os insumos necessários à vacinação.

 

“A vacinação é a maneira mais eficaz e segura de prevenir diversas doenças. Quando a pessoa se vacina, ela protege a si, sua família   e toda comunidade socioeducativa. É um ato de responsabilidade”, destacou o subsecretário do Sistema Socioeducativo da Sejus, Demontiê Alves Batista Filho.

 

Os servidores do Núcleo de Atendimento Integrado (NAI), das unidades de semiliberdade, da Unidade de Internação Provisória (UIPSS) e das unidades de internação da Subsecretaria do Sistema Socioeducativo da também serão contemplados na Campanha.

 

Vacina

 

A dose utilizada este ano sofreu mudanças em sua composição e protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no Hemisfério Sul ao longo de 2018, conforme determinação da Organização Mundial da Saúde (OMS) – incluindo o H1N1.

 

Segundo dados do Ministério da Saúde, neste ano, até 13 de abril, foram registrados 369 casos de influenza em todo o país, com 67 óbitos. Até o momento, o subtipo predominante no Brasil é o H1N1, que responde por 192 casos e 47 mortes. O Amazonas é o estado que apresenta maior circulação do vírus, com 130 casos e 34 mortes.