Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
29/11/19 às 13h35 - Atualizado em 29/11/19 às 13h35

Mês da Consciência Negra: alunos de escola pública do DF visitam Embaixada do Senegal

COMPARTILHAR

 

Os estudantes do Centro Educacional 310 de Santa Maria (CED 310) realizaram uma visita guiada na Embaixada do Senegal, nesta quinta-feira (28), em Brasília, para conhecer um pouco da cultura daquele país. A atividade, da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus), faz parte do projeto de visitação guiada de alunos da rede pública do Distrito Federal às embaixadas de países africanos em Brasília.

 

Esta foi a primeira visitação realizada pelo projeto, que tem como objetivo ampliar as oportunidades de inclusão social e fazer com que os alunos participem de atividades educacionais e culturais para que possam contribuir no fomento, na promoção e na preservação do patrimônio cultural de suas comunidades e da sociedade brasileira. Além disso, as visitas contribuirão para o cumprimento da obrigatoriedade do estudo da história geral da África e da população negra do Brasil.

 

Adryel Pereira Mendes tem 17 anos e é estudante do 2° ano do Ensino Médio. Ele participou da visita e conta que essas iniciativas são importantes para conhecer outras culturas e, com isso, aprender a aceitar suas ancestralidades, os traços negros, além de melhorar a autoestima. O projeto é coordenado pela Subsecretaria de Políticas de Direitos Humanos e de Igualdade Racial, da Sejus.

 

Em outubro, os mesmos alunos visitaram a sede da Subdhir para aprenderem sobre as ações para a igualdade racial, direitos humanos, povos tradicionais, diversidade religiosa e diversidade sexual.

 

Os alunos também fazem parte do projeto 365 Dias de Consciência Negra, uma iniciativa do CED 310, que tem como principal objetivo trabalhar a autoestima dos estudantes com ações de cine debate, roda de conversa, apresentações culturais, desfiles pedagógicos e seções de fotografia. O projeto mostra que a luta pelos direitos da população negra deve ser durante todo o ano e não apenas em novembro, quando é comemorado o mês da consciência negra.