Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
13/09/19 às 14h58 - Atualizado em 13/09/19 às 15h19

Nomeados mais servidores para o Sistema Socioeducativo

COMPARTILHAR

 

Mais 13 agentes socioeducativos foram nomeados para atuarem na Secretaria de Justiça e Cidadania do Distrito Federal (Sejus/DF). A publicação saiu na edição desta sexta-feira (13/09) no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF). Os novos servidores serão distribuídos nas unidades que compõem a Subsecretaria do Sistema Socioeducativo.

 

Somente este ano foram nomeados 92 agentes socioeducativos, 34 técnicos e 19 especialistas, totalizando 145 novas nomeações desde o início do ano. Até o momento foram nomeados 642 servidores aprovados em concurso público da antiga Secretaria de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude, e ainda há previsão de novas nomeações. Para o secretário de Justiça e Cidadania, Gustavo Rocha “o reforço de pessoal é uma medida importante para aumentar o quadro de servidores e fortalecer o serviço socioeducativo”.

 

De acordo com o subsecretário do Sistema Socioeducativo da Sejus, Demontiê Alves, essas nomeações “vêm somar forças e melhorar o atendimento socioeducativo nas unidades do Distrito Federal”, ressalta.

 

Subsecretaria do Sistema Socioeducativo – A Subsecretaria do Sistema Socioeducativo passou a integrar a Sejus em janeiro deste ano. Uma das metas da Sejus é dar continuidade ao I Plano Decenal de Atendimento Socioeducativo do Distrito Federal – PDASE –, com diretrizes a serem cumpridas em favor dos direitos da infância e adolescência.

 

O plano traz cinco eixos temáticos: Promoção dos Direitos, Proteção e Defesa dos Direitos, Participação de Crianças e Adolescentes, Controle Social da Efetivação dos Direitos e Gestão da Política. Atualmente as medidas socioeducativas preveem a Prestação de Serviços à Comunidade (PSC), Liberdade Assistida (LA) e a Semiliberdade e Internação. Todos os adolescentes vinculados ao Sistema Socioeducativo devem ser atendidos de modo integral, ou seja, com a garantia de seus direitos e acesso a serviços sociais.

 

Acesse o EDITAL