Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/01/19 às 17h05 - Atualizado em 22/01/19 às 11h52

Valorização dos direitos humanos é uma das metas da Sejus

COMPARTILHAR

 

O novo secretário de Justiça e Cidadania do Distrito Federal, Gustavo Rocha, assumiu o cargo no dia 1º de janeiro e priorizou nomes técnicos para compor a pasta. Os novos integrantes já foram nomeados. A proposta do ex-ministro dos Direitos Humanos e ex-subchefe para Assuntos Jurídicos da Casa Civil da Presidência da República é inserir a pauta direitos humanos em sua gestão.

 

Conheça os novos integrantes:

 

O ex-diretor-geral do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Maurício Antônio do Amaral é o secretário-adjunto da Secretaria de Justiça do DF. Durante as Olimpíadas do Rio de Janeiro, Amaral foi assessor da Autoridade de Governança do Legado Olímpico, cargo subordinado à Casa Civil da Presidência da República. Antes, atuou como secretário de Controle Interno do Conselho da Justiça Federal (CJF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

 

Juvenal Araújo, subsecretário de Direitos Humanos. Araújo foi secretário de Políticas de Promoção da Igualdade Racial do Ministério dos Direitos Humanos. Ele coordenou o Movimento Atitude Afirmativa que tem por objetivo fomentar políticas públicas e ações nas áreas de direitos humanos, desenvolvimento social, igualdade racial.

 

Deuselita Pereira Martins foi nomeada diretora-executiva da Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso (Funap/DF). Delegada especial da Polícia Civil do DF, a nova gestora já ocupou vários cargos dentro da estrutura da corporação: passou pela 13ª DP (Sobradinho), 16ª DP (Planaltina), 30ª DP (São Sebastião).

 

O advogado Marcelo de Souza do Nascimento chega à direção-geral do Instituto de Defesa do Consumidor do Distrito Federal (Procon-DF), após ocupar o posto de consultor jurídico na Empresa Brasil de Comunicação (EBC) por mais de dois anos e exerceu funções de assessor jurídico na Subchefia para Assuntos Jurídicos da Casa Civil da Presidência da República.

 

Juciara Rodrigues foi nomeada subsecretária de Apoio a Vítimas de Violência. Pedagoga, especialista em educação infantil e escritora, a nova gestora foi diretora de promoção e educação do Ministério dos Direitos Humanos, responsável pelas áreas de pessoas em situação de rua, registro civil de nascimento e documentação básica, educação e diversidade religiosa.