Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/09/19 às 15h29 - Atualizado em 10/09/19 às 17h39

Segunda edição do Dia D da Pessoa com Deficiência repete sucesso de inclusão

COMPARTILHAR

 

A segunda edição do Dia D – inclusão de Pessoas com Deficiência no mercado de trabalho – reuniu 1597 candidatos, que estão concorrendo as 554 vagas de emprego ofertadas, mais do dobro das 272 vagas oferecidas na primeira edição. A ação aconteceu nos dias 29 e 30 de agosto, na Estação da Cidadania do Metrô (112 Sul), e foi promovida pela Secretaria de Justiça e Cidadania do DF (Sejus), através da Subsecretaria de Direitos Humanos e Igualdade Racial. A primeira edição foi realizada com sucesso em março deste ano e alcançou também quase dois mil atendimentos.

 

As vagas para as pessoas com deficiência deram-se nas seguintes áreas: operador de telemarketing, auxiliar de manutenção, auxiliar de limpeza, empacotador, frentista, programador de Java/PHP, recepcionista, copeira, consultor de vendas, enfermeiro, motorista, auxiliar de produção, operador de loja, técnico de suporte, dentre outras.

 

O Dia D busca contribuir para a ampliação do número dessas pessoas no mercado formal de trabalho e incentivar a o cumprimento da Lei 8213/91, que estabelece a reserva legal de vagas nas empresas para contratação de pessoas com deficiência.

 

“Nosso objetivo com esse evento é reunir as empresas, que precisam cumprir a Lei de Cotas, e as pessoas com deficiência que estão à procura de um espaço no mercado de trabalho. Mas é fundamental que essa contratação não seja vista apenas como uma obrigação legal. Precisamos romper com o preconceito e a discriminação”, avaliou o Subsecretário da Sejus, Juvenal Araújo.

 

As vagas preenchidas serão atualizadas junto à Secretaria do Trabalho na medida em que as empresas finalizarem os processos seletivos e forem dando baixa nas cartas de encaminhamento.

 

A 2ª edição do ”Dia D da Pessoa com Deficiência” contou com o apoio dos seguintes órgãos do Distrito Federal: Ministério Público do Trabalho, Secretaria do Trabalho e do Fórum de Inclusão das Pessoas com Deficiência.