Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/03/20 às 16h34 - Atualizado em 19/03/20 às 16h34

Sejus alerta: não faça uso do narguilé

COMPARTILHAR

 

A Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus), empenhada em promover ações de combate ao coronavírus (COVID-19), alerta à população sobre os perigos do uso do narguilé, prática comum entre jovens e adultos. Geralmente, a mangueira do narguilé é compartilhada entre os usuários, passando de mão em mão e até mesmo de boca em boca, um perigo, tendo em vista que uma das formas de transmissão do vírus ocorre por meio do contato com gotículas de saliva.

 

“São hábitos que, neste momento, devem ser repensados porque tudo que é compartilhado pode servir para a proliferação do vírus. Com certeza, é algo que merece uma atenção especial. Logo, o narguilé deve ser completamente evitado, principalmente neste período de alta propagação do coronavírus”, recomenda a Secretária da Sejus, Marcela Passamani.

 

Muitas vezes os usuários se reúnem em ambientes fechados, nos famosos “hookah”, o que configura um “prato cheio” para a disseminação da COVID-19. Além disso, o compartilhamento da piteira – acessório em que se coloca a boca para fumar – também é fonte de transmissão de doenças infectocontagiosas como tuberculose, hepatite, gripe, herpes labial, entre outras. Pode, ainda, provocar doenças respiratórias e vários tipos de câncer.