Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/09/19 às 16h34 - Atualizado em 11/09/19 às 16h45

Sejus chega às escolas da Estrutural com ações de prevenção ao uso de drogas

COMPARTILHAR

 

A Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus), por meio da Subsecretaria de Enfrentamento às Drogas (Subed), já está atuando na 7ª Edição do “Sejus mais perto do Cidadão”, que acontece na Cidade Estrutural desde a última segunda-feira, dia 9. As atividades realizadas envolvem processos alternados entre intervenções de prevenção às drogas nas escolas, além de atividades pedagógicas com os professores e alunos em sala de aula. A programação nas escolas faz parte da Semana da Prevenção ao Uso de Drogas no DF, que acontece de 16 a 20 de setembro.

 

As ações tiveram início nesta quarta-feira (11) com uma dinâmica de troca de experiências por meio da arte, da música e da cultura, com a participação do Grupo RAPensando: “O Hip Hop contra as Drogas” e envolveu 450 estudantes do 4º e do 5º anos do Ensino Fundamental do CEF2, nos dois turnos. Em seguida, a Subed orientou a comunidade escolar a respeito das próximas etapas que serão desenvolvidas ainda nesta semana: torneio de futebol e apresentação de “gritos de guerra” temáticos, que remetem à proposta de prevenção às drogas, a serem construídos por cada time.

 

Nesta quinta-feira (12/9), está prevista uma atividade em sala de aula com estudantes e professores elaborando paródias que contemplem a proposta de prevenção às drogas na composição dos “gritos de guerra” temáticos.

 

Já na sexta-feira (13/9), estudantes do 4º e 5º anos, divididos em times que representam toda a escola, apresentam seus “gritos de guerra” temáticos e iniciam o torneio de futebol numa proposta de esporte aliado à prevenção às drogas como promoção de saúde e incentivo a boas práticas.

 

Esta ação na Cidade Estrutural contempla o Eixo 3 do Programa “Drogas: Prevenção e Ação”, da Subed. O Lançamento deste eixo ocorreu no CEF 2 da Estrutural. Nesta etapa do Programa, a Subed oferece subsídios para que a comunidade escolar dê continuidade a atividades de prevenção às drogas em sua dinâmica cotidiana. Para o Subsecretário de Enfrentamento às Drogas, Rodrigo Barbosa, “é necessário investir na continuidade das ações para que as políticas sobre drogas sejam efetivas”.