Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
28/08/20 às 18h38 - Atualizado em 28/08/20 às 18h41

Sejus colhe 235 quilos de Guaco na Papuda para produção de remédio fitoterápico

COMPARTILHAR

 

A Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus), por meio da Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso (Funap), colheu 235 quilos de Guaco, apenas neste ano, dentro do complexo penitenciário da Papuda. No Distrito Federal, a planta medicinal é usada na fabricação de remédios fitoterápicos que ajudam no tratamento de gripes e resfriados.

 

“Esse trabalho desenvolvido por nós da Funap é importante tanto para garantir a produção do xarope de guaco quanto do chá medicinal e da tintura. Assim como também representa uma forma de ressocialização do preso, já que ele é estimulado à prática cultural com plantas, principalmente plantas medicinais”, afirma a secretária da pasta, Marcela Passamani.

 

De acordo com a Secretaria, a Funap entra com a mão de obra dos reeducandos que são remunerados pelo órgão e com os insumos para o plantio. Deste modo, a produção da matéria-prima fornecida pela área prisional é fundamental à continuidade e expansão de produção de fitoterápicos no DF.

 

Segundo a Sejus, a colheita da planta é realizada por servidores do Núcleo de Farmácia Viva, ligados à Secretaria de Saúde, que se deslocam, de acordo com a demanda, até a fazenda da Papuda. O trabalho é feito com acompanhamento e supervisão da equipe na própria área agrícola.