Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
9/08/19 às 17h18 - Atualizado em 9/08/19 às 17h18

Sejus criará plano distrital para monitorar políticas para a população indígena do DF

COMPARTILHAR

 

Um plano distrital de políticas para a população indígena do Distrito Federal será construído pela Secretaria de Justiça e Cidadania do DF (Sejus) a partir das demandas desses povos. A informação é do Subsecretário de Direitos Humanos e Igualdade Racial da Sejus, Juvenal Araújo, que tem na sua pasta uma coordenação destinada a atender os povos e comunidades tradicionais.

 

Juvenal explicou que muitas secretarias do GDF já atuam junto a esta população, como as da Saúde e da Educação, porém, a Sejus fará o monitoramento dessas políticas. “Essa ação será transversal com outras secretarias, mas capitaneada pela Sejus”, disse Juvenal Araújo. “Estamos atuando para criar políticas públicas efetivas e permanentes para eles”, afirmou.

 

A iniciativa do plano distrital surgiu após colóquio realizado nesta sexta-feira, dia 9, no Memorial dos Povos Indígenas, em alusão ao Dia Internacional dos Povos Indígenas.

 

O evento reuniu representantes de comunidades indígenas do Distrito Federal e entorno e teve como objetivo colocar na mesa de debates assuntos ligados à saúde, educação, direitos humanos e integridade da tradição desses povos. A ação contou com apresentações de danças e exposição de produtos indígenas.

 

Cristina Albuquerque representante da Unicef Brasil no evento defendeu os direitos da população indígena. “As Nações Unidas desempenham um papel importante e contínuo de promoção e proteção dos direitos desses povos. E esse colóquio reforça a importância de respeita-los e preserva-los”.

 

Para a Cacique Tanone Kariri Cocó, “hoje é um grande dia para nós e para todos aqueles que se sensibilizam com nossa causa e a luta do nosso povo. Somos resistentes, milenares e guardiões da mãe terra”.