Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
20/12/19 às 14h44 - Atualizado em 20/12/19 às 14h44

Sejus debate construção da primeira Instituição de Longa Permanência para Idosos

COMPARTILHAR

 

Uma reunião entre o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, o secretário de Justiça e Cidadania (Sejus-DF), Gustavo Rocha, a 2ª vice-presidente do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), desembargadora Ana Maria Duarte Amarante Brito, dentre outras autoridades, tratou da construção da primeira Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI) do DF e também da criação de Centro Dia do Idoso.

 

Na reunião, no início de dezembro, o governador comprometeu-se a disponibilizar um lote no Setor Sol Nascente – Ceilândia/DF para a construção da ILPI e do Centro Dia do Idoso, ambos de natureza pública, para o acolhimento de idosos em situação de risco. Na ocasião, o GDF firmou compromisso de destinar R$ 5 milhões para a construção das unidades.

 

No DF, atualmente, existe uma fila de espera com 178 idosos em situação de vulnerabilidade social aguardando vagas em cinco ILPIs conveniadas, nenhuma delas de natureza pública, que disponibilizam um total de 251 vagas, quantidade insuficiente para atender à demanda.

 

O Centro Dia do Idoso destina-se a atender idosos com algumas limitações para a realização das atividades da vida diária. Podem ali permanecer durante determinado período do dia, onde são assistidos e, após, retornar ao convívio familiar, preservando assim, convivência próxima e vínculos familiares e comunitários.

 

A reunião contou também com a participação das coordenadoras da Central Judicial do Idoso, juízas Monize Marques e Christiane Campos, da promotora Maércia Mello e do subsecretário de Políticas para o Idoso do GDF, Washington Mesquita.