Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
21/10/19 às 15h46 - Atualizado em 21/10/19 às 15h55

Sejus leva projeto Jiu-Jitsu contra as drogas a escolas da Ceilândia

COMPARTILHAR

 

A Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) esteve presente na Escola Classe 18 de Ceilândia para mais uma ação do projeto Jiu-Jitsu contra as drogas nesta segunda-feira (21). O projeto é um desdobramento do Programa Drogas: Prevenção e Ação e atende crianças e adolescentes por meio da prática desportiva, em específico do jiu-jítsu, como forma de prevenção, orientação e conscientização para uma vida saudável, longe das drogas e de comportamentos de risco.

 

Na escola da Ceilândia, cerca de 60 estudantes, de 10 a 13 anos de idade, do 5º ano do Ensino Fundamental, foram inseridas numa dinâmica de prevenção ao uso indevido de drogas e cuidados de proteção ao narcotráfico por meio da prática do jiu-jítsu.

 

O projeto foi lançado neste semestre em função do aumento do número de crianças e adolescentes que estão se envolvendo com substâncias psicoativas, seja de forma lícita ou ilícita. Este é um fato observado diariamente nas escolas, no ambiente familiar, nas redes sociais e em diversos espaços sociais. Duas escolas da rede pública de ensino do DF já receberam anteriormente a ação.

 

Para o secretário da Sejus, Gustavo Rocha, “a prática de uma atividade desportiva pode se tornar uma ferramenta importante para o sistema educacional, pelo fato de possibilitar caminhos para a promoção de habilidades socioemocionais e de relações interpessoais positivas”.

 

O subsecretário de Enfrentamento às Drogas, Rodrigo Barbosa, afirma que essa interação com as crianças e os jovens, por meio de uma linguagem acessível a eles, torna o processo de conscientização mais significativo. “Trata-se de uma ferramenta valiosa para a orientação quanto aos malefícios do uso indevido de drogas e os prejuízos para a vida em sociedade”.

 

São Sebastião – A Sejus também esteve presente nas comemorações que marcaram o aniversário de cinco anos do Projeto Social Campeão no Esporte e na Vida no último domingo (20/10) em São Sebastião. O projeto beneficia mais de 130 crianças moradoras da cidade. A Sejus foi convidada a participar para apresentação sobre prevenção ao uso indevido de drogas. No evento, servidores da subsecretaria de Enfrentamento às Drogas divulgaram a campanha contra a exploração infantil no tráfico de drogas, veiculada em outubro em atenção ao Dia da Criança. Assim, as crianças e seus familiares foram orientados acerca de cuidados para a proteção do público infanto-juvenil diante do narcotráfico presente na sociedade. O evento contou com uma apresentação do Hip Hop contra as Drogas, do Projeto RAPensando.

 

O idealizador do Projeto Campeão é o professor voluntário Adalberto, que fez uma homenagem ao secretário da Sejus, Gustavo Rocha, e ao subsecretário de Enfrentamento às Drogas, Rodrigo Barbosa, com entrega do Certificado de Amigos do Projeto Campeão.