Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/01/19 às 10h37 - Atualizado em 25/01/19 às 10h54

Sejus participa de ações pelo Dia da Visibilidade Trans

COMPARTILHAR

 

Com a proposta de evidenciar o reconhecimento de direitos e afirmação da cidadania para a população de travestis, mulheres transexuais e homens trans, a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus-DF) participa das ações previstas para o Dia da Visibilidade Trans, celebrado no dia 29 de janeiro. As atividades, desenvolvidas ao longo de 15 dias, serão realizadas pela Subsecretaria de Direitos Humanos da Sejus, por meio da Coordenação de Diversidade LGBT (CODIV).

 

A data tem por objetivo conferir visibilidade às pessoas travestis e transexuais e contará com mesas temáticas, lançamento de cartilha, cursos e diversas outras atividades culturais. Entre os eventos organizados pela Sejus, destacam-se o ato contra a transfobia – “Se plantarmos respeito, colheremos mais amor”, no dia 30/01; o curso Descontruindo Preconceitos, no dia 02/02, e a III Solenidade em homenagem às pessoas trans, no dia 05/02.

 

“O apoio da secretaria a essas iniciativas é uma forma de contribuir para a garantia de direitos e empoderamento dos travestis, transexuais e transgêneros“, declarou o secretário da Sejus, Gustavo Rocha.

 

O subsecretário de Direitos Humanos, Juvenal Araújo, comentou sobre a importância de participar dessas ações. “A data representa a luta cotidiana das pessoas trans pela garantia de direitos e pelo reconhecimento da sua identidade, principalmente as que se encontram em situação de vulnerabilidade”, disse Araújo.

 

“A programação está bastante diversificada e conta com a participação de várias entidades, como a Organização das Nações Unidas (ONU), o Ministério da Mulher e Direitos Humanos, a Universidade de Brasília (UnB) e a Defensoria Pública do Distrito Federal, dentre outros”, informou a coordenadora de Diversidade LGBT, da Sejus, Paula Benett.

 

Confira a programação dos 15 dias de Visibilidade Trans ⇓