Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/06/19 às 14h49 - Atualizado em 25/06/19 às 14h50

Sejus participa de atividades relativas ao Dia Internacional do Orgulho LGBTI

COMPARTILHAR

 

A Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus), por meio da Subsecretaria de Direitos Humanos e Igualdade Racial, participou nesta segunda-feira (24/6) das ações alusivas ao Dia Internacional do Orgulho LGBTI realizadas no Congresso Nacional e na Câmara Legislativa do DF. No Congresso foi realizada uma sessão solene pelos 50 anos do Levante de Stonewall, evento ocorrido em 1969 em um bar em Nova York quando membros da comunidade LGBT protestaram contra uma invasão da polícia naquele local. A Revolta de Stonewall Inn é tida como o “marco zero” do movimento de igualdade civil dos homossexuais no século XX.

 

A coordenadora de Diversidade LGBT da secretaria, Paula Benett, representou a Sejus na solenidade que contou, ainda, com a presença da secretária-executiva do conselho LGBT do DF, Melissa Massayuri, de artistas, como Daniela Mercury e Jane de Castro, dentre outras.

 

“Lembrar de Stonewall é reviver um episódio muito triste de agressão e preconceito, mas foi graças a ele e às pessoas que ali lutaram que aprendemos a nunca desistir de brigar por nossos direitos e por uma sociedade mais justa, igualitária e sem nenhuma forma de violência e preconceito”, ressaltou Benett.

 

Seminário

 

Ainda na tarde de segunda-feira, o subsecretário de Direitos Humanos e Igualdade Racial da Sejus, Juvenal Araújo, participou na Câmara Legislativa do Distrito Federal do “1º Seminário do Orgulho LGBT”, também em homenagem ao cinquentenário de Stonewall – realizado em parceria com a Câmara Federal. O evento contou com a participação de ativistas, juristas e representantes da sociedade civil.

 

“Queremos combater qualquer forma de preconceito e discriminação, unindo forças em torno de uma sociedade mais justa, inclusiva e igualitária”, afirmou Juvenal, adiantando que a Sejus estuda a criação da primeira casa de acolhimento LGBT do DF.

 

Orgulho LGBT

 

O Dia do Orgulho LGBT foi criado e é celebrado em 28 de junho em homenagem a um dos episódios mais marcantes na luta da comunidade gay pelos seus direitos: a Rebelião de Stonewall Inn.

 

Em 1969, esta data marcou a revolta da comunidade LBGT contra uma série de invasões da polícia de Nova York aos bares que eram frequentados por homossexuais, que eram presos e sofriam represálias por parte das autoridades. A partir deste acontecimento foram organizados vários protestos em favor dos direitos dos homossexuais por várias cidades norte-americanas.