Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/11/18 às 16h41 - Atualizado em 5/11/18 às 16h46

SEJUS PROMOVE PALESTRA SOBRE TRÁFICO DE PESSOAS

COMPARTILHAR

 

Durante três dias, de 24 a 26 de outubro, foram realizadas, na sede da Secretaria de Justiça (Sejus), palestras sobre o tráfico de pessoas no Brasil. O público-alvo principal foram os servidores do órgão, especialmente psicólogos e assistentes sociais. O objetivo é a melhor compreensão sobre o tema, em termos de dados estatísticos e da atual legislação brasileira.

As palestras foram ministradas pelo professor Whashington Luis, chefe da unidade de projetos da Subsecretaria de Apoio às Vítimas de Violência (SUBAV).

De acordo com o professor, os desafios do combate ao tráfico de pessoas no Brasil e no mundo, as principais características que envolvem o cometimento do crime e os principais perfis das vítimas por parte dos aliciadores e criminosos foram os temas debatidos no primeiro dia.

“No segundo dia, o foco principal foi a Declaração dos Direitos Humanos pela ONU, que este ano celebra 70 anos de existência. Além desta abordagem, também foi discutida a luta das mulheres pelo respeito de seus direitos”, explicou o professor.

No último dia de palestras, os temas debatidos foram: A relação entre o tráfico de pessoas e o trabalho escravo no Brasil e a Urgência da implantação do terceiro Plano Nacional do Tráfico de Pessoas.

De acordo com a ONU, o tráfico de pessoas, em média, movimenta a cada ano U$ 32 milhões no mundo. Desse valor, 85% provém da exploração sexual.

É importante ressaltar que para ajudar pessoas nestas condições pode-se fazer registro de ocorrência para investigação no site do Ministério da Justiça na aba Tráfico de Pessoas.

 

Clique e veja as fotos