Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
1/11/19 às 12h06 - Atualizado em 1/11/19 às 12h08

Sejus realiza ações de valorização da cultura africana em mês da Consciência Negra

COMPARTILHAR

A Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) prepara uma série de ações para celebrar o mês da Consciência Negra no Distrito Federal. Com a proposta de fomentar o acesso à cultura, valorização da cultura africana, a participação social e a cidadania, a Subsecretaria de Políticas de Direitos Humanos e de Igualdade Racial irá promover no dia 21 e 23 de novembro, das 14 às 18h, nas unidades do CEU das Artes do Recanto das Emas e CEU das Artes QNR 02, na Ceilândia, evento alusivo em homenagem ao Dia Nacional da Consciência Negra, 20 de novembro.

 

Na ocasião serão ofertadas atividades artísticas, musicais, homenagens aos personagens históricos, feira afroempreendedora, paineis para discutir a formação da autoestima negra positiva, por meio do conhecimento sobre a ancestralidade africana, uso de turbantes, a religiosidade de matriz africana e as diferentes formas de manipulação do cabelo crespo. A expectativa é receber o total de 400 pessoas nessas datas.

 

A Sejus também está intensificando as oficinas sobre o racismo e as formas como ele se manifesta na sociedade. Trata-se de um projeto piloto que considera a relevância das políticas públicas voltadas para a população negra e sua história como disposto no Estatuto da Igualdade Racial que trata do direito à educação, à cultura, ao esporte e ao lazer e da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, que prevê a obrigatoriedade do ensino de história e cultura afro-brasileira e indígena.

 

A proposta da oficina tem por objetivo questionar as pré-noções referentes às pessoas negras, problematizando os estereótipos raciais e as estratégias para combate-lo, no intuito de que os estudantes do ensino médio de escolas públicas do Distrito Federal sejam agentes transformadores do espaço escolar. Se estrutura em diferentes momentos: acolhimento, dinâmicas em grupo, reflexão coletiva de temas específicos, dentre outros.

 

As oficinas estão sendo realizadas pela Subsecretaria de Direitos Humanos e Igualdade Racial da Sejus, no CEM Paulo Freire (29/10) e no CEAN (01/11), escolas públicas localizadas na Asa Norte. Também haverá oficinas na Unidade de Internação de Brazlândia (27/11), vinculada à Subsecretaria do Sistema Socioeducativo da Sejus.

 

Data comemorativa – O Dia Nacional da Consciência Negra é celebrado no Brasil em 20 de novembro. A data foi escolhida por coincidir com o dia atribuído à morte de Zumbi dos Palmares, em 1695, um dos maiores líderes negros do Brasil que lutou pela libertação do povo contra o sistema escravista, sendo portanto, considerado importante no reconhecimento dos descendentes africanos e da construção da sociedade brasileira.