Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/11/19 às 14h10 - Atualizado em 25/11/19 às 14h13

Sejus: respeito à liberdade religiosa é tema de encontro com líder da URI

COMPARTILHAR

 

O presidente de honra e fundador da maior rede global inter-religiosa, United Religions Iniciative (URI), bispo William Swing, teve a oportunidade de conhecer algumas ações da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus), relacionadas ao combate à intolerância religiosa no Distrito Federal.

 

Foram apresentadas a ele a criação da Delegacia Especializada em Crimes de Intolerância (DECRIN), a instituição do Comitê Distrital de Diversidade Religiosa (CDDR) e a instituição da Coordenação de Proteção e Promoção da Diversidade Religiosa no âmbito da Subsecretaria de Direitos Humanos e Igualdade Racial (Subdhir). O bispo William Swing esteve reunido nos últimos dias com o subsecretário da Subdhir, Juvenal Araújo, quando foi apresentado às ações.

 

Segundo o subsecretário, a criação do Comitê Distrital de Diversidade Religiosa colocou o GDF como o primeiro ente da federação a ter este espaço próprio para tratar destas pautas. Ele citou, ainda, o decreto que criou o Texto Programático Trienal (TPT), norteador da política pública para a liberdade religiosa e diversidade religiosa, “ fato também inédito no Brasil”, ressaltou.

 

O estabelecimento de parcerias entre lideranças religiosas, organizações ecumênicas e inter-religiosas e organismos diversos da sociedade e estado, alinhados com as pautas da defesa dos direitos humanos para a diversidade religiosa, também foram apresentados ao líder religioso, bem como as ações de enfrentamento à intolerância e à defesa da laicidade.

 

Por sua vez, o bispo William Swing fez uma apresentação da URI, órgão vinculado ao sistema ONU, através do Conselho Econômico e Social, enfocando seus compromissos com as pautas de direitos humanos, cultura de paz, meio-ambiente, saúde, educação, economia justa, dentre outros. Ao final, ele parabenizou o trabalho da Sejus “ pela amplitude tão significativa e importante e que deve ser divulgada e difundida para que outros se inspirem neste modelo de trabalho”, destacou.

 

URI – A URI se constitui na maior rede global inter-religiosa, com presença em 109 países e em mais de 100 cidades, tendo sido criada a partir do cinquentenário das Nações Unidas em 1995, com sugestões de lideranças religiosas de todo o mundo, consolidadas em encontros realizados em todos os continentes, sendo oficializada no ano de 2000 em grande evento realizado na ONU. Sendo a URI Brasília, representação local, parceira da Subdhir e do Comitê Distrital de Diversidade Religiosa (CDDR).