Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/11/19 às 20h16 - Atualizado em 12/11/19 às 9h31

Sejus reúne especialistas, gestores e estudantes para debater políticas públicas de igualdade racial

COMPARTILHAR

 

O I Encontro Distrital de Boas Práticas em Políticas de Promoção da Igualdade Racial acontece nesta terça e quarta-feira (12 e 13/11). A ação é também uma reverência ao Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra, comemorado dia 20 de novembro. O evento é uma realização da Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania (Sejus).

O encontro tem por objetivo reunir gestores, especialistas, organizações negras e estudantes com o intuito de constituir um panorama sobre as políticas públicas de igualdade racial, avanços e desafios na sua implementação no Distrito Federal. Também busca boas práticas em diversos campos como assistência à saúde, educação para as relações étnico-raciais, direitos da população LGBT negra, juventude negra e igualdade de oportunidades. Acontece das 9 às 18h, no Instituto Federal de Brasília, Campus Brasília.

De acordo com o secretário da Sejus, Gustavo Rocha, a ideia é o evento tornar-se uma ação anual da Secretaria a ser realizado todo mês de novembro. Para ele, “a data que reverencia o Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra, 20 de novembro, é fundamental para marcar o protagonismo da população negra na formação social, cultural e política do Brasil”.

 

Dentre as atribuições da Sejus está a promoção da igualdade racial e do enfrentamento do racismo, com o objetivo de desenvolver políticas de inserção social, econômica, cultural e de melhoria de qualidade de vida para as populações negras, indígenas, ciganas e de povos e comunidades tradicionais do DF.

 

A ação da Sejus se dá por meio da Subsecretaria de Direitos Humanos e Igualdade Racial (SUBDHIR), em parceria com o instituto Federal de Brasília – Campus Brasília, por meio da Coordenação de Cultura, Sustentabilidade, Gênero, Raça e Estudos Afro-Brasileiros. Conta com o apoio do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios, da Câmara Legislativa do Distrito Federal, do Conselho de Defesa dos Direitos do Negros e do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros da UnB.

 

“Esse evento é um exemplo das discussões por nós pautadas, com o objetivo de traçarmos um panorama das políticas de promoção da igualdade racial nos campos da educação, do mercado de trabalho e da saúde”, afirma o subsecretário de Direitos Humanos e Igualdade Racial da Sejus, Juvenal Araújo.