Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
6/12/19 às 17h10 - Atualizado em 9/12/19 às 11h11

Serviço voluntário para servidores do Sistema Socioeducativo do DF será criado nesta segunda (09/12)

COMPARTILHAR

 

Proposto pelo secretário de Justiça e Cidadania, Gustavo Rocha, o Serviço Voluntário para os servidores do Sistema Socioeducativo do Distrito Federal será instituído, nesta segunda-feira (09), às 16h, em solenidade no Salão Branco do Palácio do Buriti. Na ocasião, será sancionado o Projeto de Lei nº 745/2019, que prevê o pagamento de indenização aos servidores que se apresentarem voluntariamente para desempenhar suas atribuições no período de folga. A cerimônia também será marcada pela entrega das primeiras carteiras de identidade funcional para os servidores do sistema socioeducativo, confirmando o compromisso do Governo do Distrito Federal com a valorização dos servidores.

 

Segundo Gustavo Rocha, a gratificação é mais uma iniciativa da Sejus para fortalecimento do Sistema Socioeducativo do DF. Ele explicou que o serviço voluntário, em conjunto com a nomeação de novos servidores, ampliará a capacidade de atendimento aos adolescentes que praticarem atos infracionais.

 

O reforço no número de agentes socioeducativos atuando nas unidades de internação busca garantir que todas as atividades de ressocialização aconteçam sem prejuízo a integridade física e psíquica dos jovens e servidores, entre elas o acesso à escolarização e à profissionalização, consideradas essenciais para o retorno desses jovens ao convívio social. Os agentes socioeducativos são essenciais, por exemplo, no funcionamento da escola em período integral, uma vez que realizam o deslocamento dos adolescentes até o local, a guarda e a segurança de todos os envolvidos no processo de aprendizagem.

 

Nomeações: Desde o início do ano, já foram nomeados mais de 200 concursados para o Sistema Socioeducativo do DF, entre agentes, técnicos e especialistas. Eles foram aprovados no concurso da antiga Secretaria de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude, incorporada à estrutura da Sejus na atual gestão.