Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
17/07/20 às 13h01 - Atualizado em 21/07/20 às 11h33

Solidariedade: Voluntariado em Ação arrecada cestas básicas para famílias de adolescentes do socioeducativo

COMPARTILHAR

                                                                                        Foto: Jhonatan Ribeiro (Sejus)  

 

As famílias dos 95 adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa na Unidade de Internação de Santa Maria receberam, nesta sexta-feira (15), cestas básicas arrecadadas por um projeto cadastrado no Voluntariado em Ação, programa coordenado pela Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) para estimular ações solidárias no DF. Esta é a segunda unidade beneficiada pela campanha, que é coordenada pelo Instituto Carinho. Em abril, foram contempladas 90 famílias dos adolescentes da Unidade de Internação de Planaltina.

 

Segundo a secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani, o acompanhamento das famílias e o fortalecimento de vínculos familiares fazem parte das diretrizes do atendimento socioeducativo no DF. “Para que esses jovens tenham uma nova trajetória de vida, o apoio de suas famílias é fundamental. Por isso, precisamos tanto dessa união de esforços para ajudá-las a enfrentar esse momento tão difícil de pandemia da Covid-19”, enfatizou a secretária.

 

As cestas entregues nas residências dos adolescentes têm algo muito especial: cartas escritas à mão pelos próprios internos. Repletas de mensagens de carinho e saudade, elas são produzidas em oficinas dentro das unidades de internação e fazem parte de uma estratégia para fortalecer os vínculos desses jovens com seus pais ou responsáveis. A troca de correspondências também se tornou uma importante forma de contato dos jovens com seus familiares nesse período em que as visitas estão suspensas para prevenir a disseminação do novo coronavírus.

 

 

Campanha

 

A campanha de destinação de cestas para as residências dos socioeducandos foi criada para minimizar os efeitos socioeconômicos provocados pela pandemia da Covid-19, como aumento do desemprego e o agravamento das condições de vulnerabilidade social dessas famílias. A proposta é mobilizar as organizações e a sociedade para atender os 3.000 mil adolescentes em cumprimento de medida internação, semiliberdade e meio aberto. Além dessa ação, estão ativas no Portal do Voluntariado outras cinco campanhas para arrecadar doações de alimentos que vão atender a população carente do DF durante a pandemia. Com essa plataforma, qualquer cidadão ou instituição pode ajudar doando cestas, trabalhando como voluntários ou criando novas campanhas. Quem tiver interesse em contribuir pode entrar no site: www.portaldovoluntariado.df.gov.br/