Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
15/06/21 às 11h50 - Atualizado em 23/06/21 às 16h29

18/06

COMPARTILHAR

Matérias em Veículos Oficiais de Imprensa

 

 

Jornal de Brasília-Secretária Marcela Passamani participa de encontro sobre liberdade de expressão
Política Pública se faz de forma integrada e continuada: cultura, economia, saúde e social. As pautas conversam. Precisamos trabalhar nossa corresponsabilidade social, por meio de debates democráticos”, disse Marcela. Na ocasião, os participantes destacaram a importância da liberdade de expressão bem como os problemas enfrentados atualmente no Brasil.

 

Agência Brasília-Governo unifica atendimento de saúde a vítimas de violência
Todo o trabalho demanda parceria da Secretaria com outros órgãos do GDF. Atuam em conjunto com os Cepavs as secretarias de Justiça e Cidadania, de Segurança Pública, de Desenvolvimento Social e de Educação, além dos conselhos tutelares.Para a secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani, o acompanhamento do colegiado será importante para aprimorar o enfrentamento à violência. A exemplo da Saúde, a Sejus conta com o programa Pró- Vítima, que atende em sua maioria mulheres.

 

Blog do Riella-GDF cria o Conselho de Promoção da Igualdade Racial

“O DF terá um conselho mais amplo que, além da questão da população negra, contemplará outras comunidades, como ciganos e indígenas”Marcela Passamani, secretária de Justiça e Cidadania

 

TV União- Terminam hoje as inscrições do Enceja 2020 para privados de liberdade

As inscrições de pessoas privadas de liberdade e jovens que estão sob medidas socioeducativas devem ser feitas pelo responsável pedagógico. Cabe a ele entrar na página do participante, fazer a inscrição dos interessados, verificar a divulgação dos resultados e determinar as salas de provas dos participantes, assim como a transferência entre as unidades, caso seja necessário. Também cabe ao profissional excluir do exame aqueles que tiverem a liberdade decretada.

 

TV União-Governo unifica atendimento de saúde a vítimas de violência-

A partir dali, são feitos os encaminhamentos de acordo com a necessidade de cada caso. Todo o trabalho demanda parceria da Secretaria com outros órgãos do GDF. Atuam em conjunto com os Cepavs as secretarias de Justiça e Cidadania, de Segurança Pública, de Desenvolvimento Social e de Educação, além dos conselhos tutelares.
Para a secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani, o acompanhamento do colegiado será importante para aprimorar o enfrentamento à violência. A exemplo da Saúde, a Sejus conta com o programa Pró- Vítima, que atende em sua maioria mulheres.

“O Pró-Vítima oferece apoio psicológico e assistência social gratuita a mulheres do DF. O ideal é que não existisse nenhuma forma de violência, mas estamos trabalhando diuturnamente para efetivar políticas públicas que cheguem até elas”, pontua a secretária.