Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/11/21 às 14h43 - Atualizado em 22/11/21 às 14h49

20 milhões de reais investidos em projetos para crianças e adolescentes

COMPARTILHAR

 

No total, 21 instituições foram selecionadas para executar ações de atendimento a 15 mil meninas e meninos do DF

 

Foto: Jhonatan Vieira/ Marcela Passamani ao lado do vice-governador Paco Britto

 

Mais de R$ 20 milhões do Fundo dos Direitos da Criança e do Adolescente (FDCA/DF) serão destinados para Organizações da Sociedade Civil executarem projetos voltados ao atendimento de 15 mil meninas e meninos do Distrito Federal. A cerimônia de repasse simbólico desses valores ocorreu nesta segunda-feira (22), no Salão Branco do Palácio do Buriti, com a participação das 21 instituições selecionadas – em Edital de Chamamento Público – para formalizar parceria com Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) e o Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente (CDCA), responsável pela gestão do fundo.

 

“Esse repasse mostra o compromisso do governo em fazer entregas para a população e com o atendimento das pessoas que mais precisam desse olhar atento. Somos um governo unido, mas nada seriamos sem a sociedade civil. A sociedade civil também nada seria sem o governo. Portanto, é necessário darmos as mãos com o objetivo de atender as nossas 700 mil crianças e adolescentes do DF”, reforçou a secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani.

 

Com a disponibilização desses recursos, as organizações poderão desenvolver ações para garantir diversos direitos desse público, como saúde, educação, cultura, esporte, lazer, participação social, convivência familiar e comunitária, entre outros. Nesse sentido, as iniciativas contemplam, por exemplo, a oferta de oficinas de balé, música, judô, futebol, cursos profissionalizantes e outras atividades no contraturno das aulas do ensino regular.

 

Na lista de selecionados, foram incluídos também projetos voltados ao fortalecimento do desempenho escolar e de capacitação dos profissionais que atuam em creches, escolas públicas e instituições de acolhimento. Estão previstas ainda atividades de enfrentamento e prevenção à violência, ao uso de drogas e à evasão escolar.

 

De acordo com o vice-governador do Distrito Federal, Paco Britto, os projetos financiados pelo FDCA vão promover mais qualidade de vida nas comunidades atendidas. “O financiamento de programas para esse público é investir no futuro da nossa população para transformar o DF no local dos nossos sonhos, que garante saúde, obras, educação, segurança, que ajuda os vulneráveis e investe no futuro de mais de 15 mil crianças e adolescentes”, completou.

 

FDCA

 

O Fundo da Criança e do Adolescente existe há mais de 20 anos, com repasses orçamentários, doações voluntárias ou parte do imposto de renda das pessoas físicas e jurídicas. O fundo contribuiu para a implementação das políticas de atendimento, defesa e promoção dos direitos da criança e do adolescente, por meio do financiamento projetos executados por órgãos governamentais e entidades da sociedade civil. Cabe ao CDCA/DF o controle, gerenciamento e fiscalização dos recursos.

 

“É um momento histórico para o DF e temos que ressaltar o compromisso dos conselheiros de direitos em defender o CDCA como órgão central na garantia de direitos de crianças e adolescentes. Nós, governo e sociedade civil, conseguimos nos unir para avançar na política”, ressaltou o presidente do CDCA, Eduardo Chaves.

 

Atualmente, o FDCA possui R$ 103 milhões. Até o fim de 2021, serão executados 37 projetos sociais por meio do Fundo, o que reflete um total de mais de R$ 23 milhões de recursos empenhados. Projetos que foram impactados pelas medidas de enfrentamento à COVID-19, mas que estão sendo retomados com a volta às aulas e flexibilização dessas medidas.