Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
3/06/24 às 15h07 - Atualizado em 3/06/24 às 15h10

CEUs das Artes promovem aulas para vestibulares e ações esportivas e culturais

Inscrições são abertas o ano todo para os espaços localizados em Ceilândia, no Recanto das Emas e no Itapoã, que também proporcionam formação profissional e tecnológica

 

Por Jak Spies, da Agência Brasília | Edição: Débora Cronemberger

 

Durante o ano todo a população conta com a oportunidade de se inscrever nos CEUs das Artes e nas praças dos Direitos, que são programas de integração de políticas distritais e nacionais nas áreas de educação, cultura, esporte, meio ambiente, assistência social, justiça, segurança, paz social, lazer, formação profissional e tecnológica.

 

Cada CEU das Artes conta com 450 vagas mensais para atividades em áreas como esporte, cultura, dança e aulas preparatórias para vestibular | Foto: Jhonatan Vieira, Ascom/Sejus

 

São 450 vagas mensais em cada equipamento. Do total previsto, 60% das vagas serão fixas e 40%, rotativas. As atividades regulares serão direcionadas a pessoas até 18 anos incompletos, enquanto as ações de caráter temporário terão como foco a comunidade de todas as faixas etárias.

 

São crianças e adolescentes aprimorando suas habilidades em horário de contraturno escolar e isso é entregar ainda mais cidadania à população do DF

Marcela Passamani, secretária de Justiça e Cidadania

 

No esporte e lazer, os espaços oferecem eventos e palestras motivacionais com atletas e paratletas. Já na parte de arte e cultura, há cineteatros para aulas de dança, apresentações artísticas, oficina de teatro e cinema educativo. O incentivo à leitura também é trabalhado nos locais, com a conscientização sobre direitos humanos em seminários e palestras, além de cursos preparatórios para vestibulares, aulas de reforço e, ainda, capacitações profissionalizantes.

 

A secretária de Justiça e Cidadania do DF, Marcela Passamani, afirma que os equipamentos públicos representam um novo modelo de gestão. “Cada vez mais as praças estão recebendo inscrições, pois os moradores desses locais estão percebendo que a proposta vai além dos cursos e aulas. É também uma forma de levar tranquilidade para as famílias, pois sabem onde os seus filhos estão. São crianças e adolescentes aprimorando suas habilidades em horário de contraturno escolar, e isso é entregar ainda mais cidadania à população do DF”, observa a gestora.

 

Como se inscrever

 

Brasília conta com dois CEUs das Artes em Ceilândia e um no Recanto das Emas. As praças dos Direitos, por sua vez, são duas: uma em Ceilândia, entregue em outubro de 2019, e outra no Itapoã, inaugurada em outubro de 2020.

 

As inscrições ficam abertas o ano todo e são feitas de forma online por meio deste formulário ou pelo site do Instituto para Desenvolvimento da Criança e do Adolescente pela Cultura e Esporte (Idecace). Há também a opção de se inscrever de forma presencial na unidade de interesse.

 

Veja, abaixo, o endereço dos equipamentos no DF:

 

img-responsiva CEU das Artes Recanto das Emas: Quadra 113, Lote 9, Recanto das Emas;
img-responsiva CEU das Artes QNM 28: QNM 28, Área Especial, Ceilândia Norte;
img-responsiva CEU das Artes QNR 2: QRN 2, Área Especial, Ceilândia Norte;
img-responsiva CEU das Artes (Praça dos Direitos em Movimento) QNN 13: Setor Norte QNN 13, Lote B, Ceilândia Norte;
img-responsiva CEU das Artes (Praça dos Direitos em Movimento) Itapoã: Quadra 203, Itapoã.

 

“O propósito é que a gestão pedagógica do projeto CEU das Artes e Praça dos Direitos se torne um modelo de desenvolvimento social para o país, envolvendo governo, comunidade, professores, gestores e família”, afirma o presidente do Idecace, Wilson Cardoso.

 

Governo do Distrito Federal