Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
26/04/19 às 15h38 - Atualizado em 26/04/19 às 15h39

Parceria entre Sejus/DF e IFB beneficia adolescentes do Sistema Socioeducativo

COMPARTILHAR

 

“Entre Ervas que Curam e Poesias que Libertam, vou Reescrevendo minha História”. Este é o nome do projeto de extensão que a Secretaria de Justiça e Cidadania do DF (Sejus/DF), em parceria com o Instituto Federal de Brasília (IFB), estão oferecendo para as adolescentes da Unidade de Internação de Santa Maria (UISM). A proposta vai propiciar o ensino e o aprendizado do cultivo de ervas medicinais e a produção de cosméticos naturais e outros produtos manufaturados às internas.

 

Também estão previstas atividades literárias por meio de poesia, além de rodas de autocuidado. Serão realizados cerca de 20 encontros – entre os meses de abril e até final de julho – podendo ser ampliado. As aulas já tiveram início no dia 25. No último mês haverá uma Oficina de Escrita, onde as adolescentes produzirão as próprias histórias. O curso ocorre na unidade de internação de Santa Maria toda quinta-feira à tarde das 14h às 17h. Em agosto será executado na semiliberdade do Guará.

 

“No processo de ressocialização é importante momentos de práticas junto a ambientes naturais para a manutenção da saúde e o desenvolvimento seguro do processo socioeducativo”, destacou o subsecretário do Sistema Socioeducativo da Sejus, Demontiê Alves.

 

Unidade de Internação de Santa Maria – A Unidade de Internação de Santa Maria (UISM) possui um diferencial arquitetônico e pedagógico, com prédios planejados para oferecer educação em tempo integral com escola, cursos profissionalizantes, atividades, esportivas, ecumênicas e culturais.

 

São 6,2 mil metros quadrados de área construída, com 10 módulos, área de saúde, espaços para oficinas profissionalizantes, escola, área para visitantes, teatro de arena, espaço ecumênico, refeitórios, ginásio coberto, campo de futebol, lavanderia e horta.

 

Esta unidade é destinada aos socioeducandos sentenciados menores de idade em cumprimento de medida socioeducativa de internação e às socieoducandas em cumprimento de internação estrita e provisória.