Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
16/01/22 às 11h34 - Atualizado em 16/01/22 às 11h34

Rota LGBT: Conheça os estabelecimentos de orgulho no Distrito Federal

Os estabelecimentos se inscreveram via Edital de Chamamento Público

 

Agora, ficará mais fácil para os turistas nacionais e estrangeiros encontrarem os estabelecimentos comerciais, de lazer, alimentação e turismo do Distrito Federal que prestam atendimento de forma respeitosa a pessoas lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais transgêneros e demais identidades que compõem a sigla. Esses locais serão incluídos no Guia Friendly LGBT, que será lançado neste bimestre pelas Secretarias de Justiça e Cidadania (Sejus) e do Turismo (Setur).

 

A construção da rota LGBT ocorre de forma colaborativa em que os próprios comerciantes e prestadores de serviço se inscreveram em um Edital de Chamamento Público para fazer parte dessa iniciativa, que busca promover o turismo e dar visibilidade aos espaços que são voltados a esse público, assim como os estabelecimentos que respeitam essa população e suas especificidades. Além da indicação dos estabelecimentos, o Guia também apresentará orientações referentes a nomenclaturas, siglas e formas de tratamento. O objetivo é preparar hotéis, agências de viagens, restaurantes, entre outros setores para receber bem a população LGBT.

 

“O Guia será uma ferramenta importante para os turistas, mas também é uma forma de dar visibilidade e reconhecimento aos estabelecimentos que buscam incluir em sua rotina um atendimento digno, respeitoso e especializado ao público LGBT”, destaca a secretária de Justiça e Cidadania, Marcel Passamani. “Com essas iniciativas, vamos conscientizando a população em geral e o setor produtivo que o respeito a todos os públicos faz bem para a sociedade, mas também gera oportunidade de crescimento para seu negócio”, acrescenta.

 

“A rota LGBT Brasília vem fortalecer o lugar que é só nosso: a capital do Brasil. Assim, somos a capital de todos os brasileiros. Estaremos de asas abertas para receber com respeito, com acolhimento e alegria a população LGBT que queira nos visitar e conhecer uma cidade muito além do concreto”, declarou a secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça.

 

Dados do IBGE de 2020 apontam que a comunidade formada por pessoas lésbicas, gays, bissexuais autodeclaradas alcança, em média, 10% da população, sem contar com pessoas trans, dentre outras nuances de gênero e sexualidade. Assim, estima-se que existam, no mínimo, quase 22 milhões de pessoas LGBT no Brasil, um número bastante expressivo para o comércio e o turismo. Segundo a Organização Mundial do Turismo (OMT), o público LGBT corresponde a 10% dos viajantes do planeta.

 

Confira a lista dos estabelecimentos:

 

ORD ESTABELECIMENTOS REGIÃO ADMINISTRATIVA
1 Barziin Gastrobar Asa Norte
2 Brechó e Loja colaborativa Caixote Asa Norte
3 Ôta Padaria Artesanal Guará
4 Objeto Encontrado Asa Norte
5 Verdurão Camisetas Asa Sul
6 Acorde 27 Cafés Especiais Sobradinho
7 CAH  no Bar Asa Sul
8 LAH no Bar Asa Sul
9 Mercure Brasília Líder Asa Norte
10 Casinha Café Asa Norte
11 Dane-se Asa Sul
12 Templo Shin Budista de Brasília Asa Sul
13 Casa MimoBar (Bar e Galeria de Arte) Asa Norte
14 Arena Apostólica Church Taguatinga Sul
15 Túnel do Tempo Ceilândia
16 Civitá Café Taguatinga Sul
17 Santuário Café Bar Asa Norte
18 Birosca do CONIC Asa Sul
19 Grand Mercure Brasília Eixo Asa Norte
20 Casa Akotirene Ceilândia
21 Cine Vip Asa Sul
22 Igreja Metodista Reconciliadora Taguatinga Centro
23 Velvet Pub Asa Norte
24 Malí Bar Asa Sul
25 Jovem de Expressão Ceilândia
26 JoyHostel Asa Norte
27 Brotinho Pizzaria Asa Norte
28 Lampião Gastrobar Guará
29 Rubato chocolate bar, Insto Café Selecionados Asa Norte